Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Mais de 733 mil bens móveis do Estado já estão catalogados

Publicação:

Assembleia Legislativo do RS efetiva hoje (6) a catalogação de 15 mil plaquetas dos seus bens móveis
Assembleia Legislativo do RS efetiva hoje (6) a catalogação de 15 mil plaquetas dos seus bens móveis - Foto: Oxana Lerner Ascom/Smarh
Por ASCOM/SMARH

O Sistema de Administração do Patrimônio do Estado – APE, que unifica e padroniza o controle de bens móveis do Estado do Rio Grande do Sul, tem migrados 733 mil e 320 mil bens no novo sistema, pertencentes a 50 órgãos estaduais. A esse número contabilizado,- soma-se a conclusão da migração dos 15 mil dados patrimoniais da Assembleia Legislativo do RS, que foi efetivada nesta sexta-feira (6).

Conforme o responsável pela Divisão de Bens Móveis do Departamento de Patrimônio do Estado (Deape), Alberto Vargas, a Secretaria da Educação (Seduc) também iniciou a migração dos 2 milhões 430 mil bens. “Os mesmos deverão estar concluídos ainda nesse mês de julho. Devido à grande quantidade de bens da Seduc, os dados estão sendo executados diretamente no banco de dados do APE, com o apoio de servidores da Procergs”, explica Vargas.

A conclusão da migração de todos os bens móveis dos órgãos do Estado está prevista para o final do mês de julho de 2018. A etapa seguinte será a finalização do módulo de inventário. A empresa Mstech, contratada para prestar o serviço, vai iniciar a transferência de tecnologia para a Procergs, que será a responsável pela manutenção do novo sistema. A gestão do APE fica a cargo da Secretaria da Modernização Administrativa e dos Recursos Humanos (Smarh) e da Secretaria da Fazenda e Contadoria e Auditoria-Geral do Estado (Cage).

Dentro da previsão de adesão dos outros poderes ao sistema, o Tribunal de Contas está preparando seus bens para a migração. E a Defensoria Pública já efetuou a sua migração e está controlando seus bens através do Sistema APE.

Secretaria de Modernização Administrativa e dos Recursos humanos